Proptech Housers

As novas tecnologias encontram-se em todas as áreas e setores do nosso quotidiano. Inicialmente surgiram com uma simples função auxiliar, e com o tempo tornaram-se elementos essenciais da sociedade e do nosso dia-a-dia.

O aparecimento das novas tecnologias afectou drasticamente as entidades bancárias, empresas de seguros e até mesmo o setor imobiliário. A união entre a tecnologia e os setores tradicionais produziu uma transformação sem precedentes na forma como comunicamos dentro de um mercado em constante evolução.

Proptech: Significado e Estatísticas

Através da união entre o setor imobiliário e a tecnologia surgiram as Proptech (Property Technology ou Real State Technology). Este termo refere-se às empresas que combinam e adicionam  o componente tecnológico ao seu modelo de negócio.

Em todo o mundo encontramos uma grande variedade de empresas dedicadas ao processamento de informação através da tecnologia de Big Data, plataformas de gestão de imóveis ou empresas que se dedicam ao investimento imobiliário como a Housers.

A CB Insights estima que desde 2011 foram investidos aproximadamente 6 mil milhões de dólares em proptech, sendo que 70% foi investido nos últimos dois anos.

Proptech: Tendências e Desafios para 2019

De seguida, mencionamos algumas das tecnologias utilizadas no setor imobiliário:

  • Blockchain

O Blockchain é provavelmente a tecnologia com maior impacto no setor imobiliário, revolucionando a forma como se realizam as transações. Esta tecnologia adiciona liquidez ao mercado imobiliário e permite que as transações imobiliárias se realizem através de um sistema mais simples e menos regulado.

  • Internet of Things (IoT)

Aplicada ao mercado imobiliário, refere-se a qualquer objeto presente num imóvel com características de inteligência artificial. Por exemplo, electrodomésticos que permitem o controlo remoto.

  • Criptomoedas

Estão nas bocas do mundo. As criptomoedas facilitam as transferências de ativos e permitem a realização de transações transfronteiriças. Esta tecnologia afeta o mercado imobiliário, simplificando a forma com as transações se realizam e eliminado muitos intermediários.
Atualmente já existem casos de venda de imóveis em bitcoins.

  • Geolocalização

Esta tecnologia está muito presente no setor imobiliário. A geolocalização atribui uma grande variedade de atributos a uma localização, oferecendo dados de construção, valores de venda e pontos de interesse com algumas das suas caraterísticas. Esta tecnologia permite que o setor imobiliário analise melhor a localização e explore os ativos mais detalhadamente.

  • Big Data

A tecnologia de Big Data aplicada ao setor imobiliário permite identificar desejos, tendências, necessidades e até mesmo o interesse dos usuários, oferecendo uma experiência mais personalizada.
Atualmente, as empresas utilizam a Big Data para tomar melhores decisões e realizar movimentos estratégicos de negócio. O conhecimento mais aprofundado dos usuários permite que as empresas se adaptem, oferecendo uma experiência mais satisfatória.

  • Drones e realidade aumentada e virtual

Uma das principais ferramentas para promotores e plataformas de imóveis é o uso de drones para fotografia panorâmica. A grande variedade de dispositivos de realidade aumentada permite que os compradores de imóveis sejam virtualmente transportados para o imóvel dos seus sonhos, antes mesmo que seja construído.

 

Housers, Smart Investment