Tem alguma dúvida?

Selecione o momento do processo em que se encontra

Quero inscrever-me

  • Porquê inscrever-me na Housers?
  • A inscrição compromete-me a algo?
  • Quem pode realizar a inscrição na Housers?
Ver mais perguntas

Quero investir

  • Já estou inscrito, como posso aceder à minha área privada?
  • O que fazer depois de realizar a inscrição na Housers?
  • O que é a minha conta Housers?
Ver mais perguntas

Já investi

  • Depois de investir, como posso acompanhar o estado do projeto?
  • Como posso consultar os meus investimentos?
  • Que rentabilidade posso esperar?
Ver mais perguntas

Marketplace: compra e venda

  • O que é o Marketplace?
  • Como funciona a compra e venda de títulos?
  • Como vender?
Ver mais perguntas

Definições

  • Empréstimo participativo
  • Oportunidades de Arrendamento
  • Oportunidades de Investimento
Ver mais perguntas

Perguntas frequentes

Quero inscrever-me

Quando realize o processo de inscrição poderá aceder à sua área privada para analisar a documentação das várias oportunidades, terá acesso aos nossos relatórios trimestrais sobre o mercado imobiliário e a restante documentação relacionada com a Housers. 

A inscrição na Housers não representa nenhum compromisso e não tem nenhum custo. 

1. Pessoas singulares, maiores de idade, com nacionalidade portuguesa ou estrangeira. 

2. Pessoas coletivas com residência fiscal em Portugal ou no estrangeiro. 


Nota: Existe uma limitação para alguns países, uma vez que a entidade de pagamento (LemonWay) não aceita a abertura de conta para poder investir: Afeganistão, Barbados, Bielorrussia, Birmânia, Bosnía-Herzegovina, Bosnia, Burundi, Coreia, Egipto, Emirados Árabes Unidos, Etiópia, Estados Unidos da América, Guatemala, Guinea, Guinea-Bissau, Irão, Iraque, Líbano, líbia, Macau, Mali, Mongólia, Namíbia, Panamá, República Centroafricana, Congo, Rússia, Samoa, Somália, Sudão, Sri Lanka, Síria, Ucrânia, Venezuela ou Yémen.

Para se inscrever na Housers e criar a sua conta deverá seguir os seguintes passos:

  • Clicar em “Inscrever-se”. 
  • Selecionar a opção de “particular”, preencher um formulário com os “dados de identificação” (nome e apelidos, telefone, e-mail e palavra-passe), aceitar os Termos e Condições de uso de Housers e Lemonway e clicar em “continuar”. 
  • A continuação acederá diretamente a “Meus dados” na sua conta de usuário e deverá completar os seguintes campos:

o Em “Dados de identificação” deverá completar os campos que não tenha preenchido (país, sexo e residência fiscal). 

o Em “Documentação” deverá anexar: 

Para completar a inscrição deverá anexar uma cópia de um documento de identificação (cartão de cidadão ou passaporte) em formato PDF, com as duas caras e a cores. 

Se for estrangeiro não comunitário deverá introduzir um segundo documento de identificação. 


  • Depois de completar toda a informação deverá ativar a sua conta clicando em “Aceitar e Continuar”. 

Se tiver algum problema para introduzir a documentação poderá enviá-la a info-pt@housers.com

Para inscrever-se na Housers deverá:

  • Clicar em “Inscrever-se”;
  • Selecionar a opção de “Empresa” e completar com os dados do representante legal da empresa (nome e apelidos, telefone de contato, correio eletrónico e palavra-passe). Aceitar os “Termos e Condições de Housers”, “Termos e Condições de Lemonway” e clicar em “Continuar”. 
  • A continuação acederá diretamente a “Meus dados” e deverá completar os seguintes campos:

o Em “Dados de identificação” deverá preencher os campos que não tenha completado relativos ao representante legal (nacionalidade, sexo) e os dados da empresa (razão social, nº de CIF e morada fiscal). 

o Em “Documentação” o representante legal deverá anexar o seu documento nacional de identidade ou passaporte, se for estrangeiro deverá anexar o seu documento de estrangeiro (título de residência) em formato PDF ou similar. Também deverá anexar a escritura de constituição da empresa, um documento de atividade da empresa (considera-se válido qualquer Certificado de Registo Comercial, Certificado Tributário e qualquer documento de pagamento de impostos, de IVA – com uma antiguidade máxima de 3 meses) e outros documentos que considere oportunos (como por exemplo o documento de identificação dos sócios que tenham mais de 25% de participação na sociedade).  

Depois de completar a informação deverá clicar em “Aceitar e continuar”. 

Se tiver algum problema para carregar a documentação poderá enviá-la a info-pt@housers.com 


A quantidade mínima que poderá investir em cada oportunidade é 50 euros. 

Recomendamos que complete todos os dados que solicitamos. 


Se não recorda a palavra-passe clique em "Recuperar a Palavra-passe". Depois deverá inserir o e-mail que utilizou para a inscrição e enviar-lhe-emos uma nova palavra-passe ao e-mail que nos propocionou.


Dentro da sua área privada deverá clicar em “Alterar palavra-passe” e preencher o formulário necessário para alterar a palavra-passe. 

A palavra-passe deve ter 8 caracteres e conter pelo menos 1 letra maiúscula, 1 letra minúscula, 1 número e 1 símbolo. 

Símbolos permitidos: @ , # , $ , ! , ¡ , ¿ , ? , * , ( , ) , % , ^ , & , + , =.


Se tiver alguma dúvida poderá contatar-nos através de info.pt@housers.com ou do telefone +351 300 506 289. Teremos todo o prazer em ajudá-lo. 


Quero investir

Aceda à página de Housers (www.housers.com), clique em “Entrar” e introduza o seu e-mail e palavra-passe.

Depois de se inscrever na plataforma, deverá preencher os dados de identificação e anexar o documento de identificação: 

  • Deverá esperar (1 a 3 dias) até que a sua conta seja validada;
  • Quando a documentação for aprovada e a conta tiver sido criada, poderá aceder a qualquer oportunidade e investir com cartão de crédito ou realizando uma transferência desde uma das suas contas bancárias (é obrigatório ser o titular da conta). 


A sua conta Housers é criada quando se inscreve na plataforma e está  associada a uma entidade de pagamento seguro (Lemonway). Esta conta é necessária para poder investir na Housers e para realizar investimentos seguros. 


Os seus fundos estão depositados de forma segura numa conta associada a uma entidade especializada e regulada por um banco. Desta forma, o dinheiro de cada investidor está separado do dinheiro dos restantes investidores e dos fundos próprios da Housers. O dinheiro dos investidores está sujeito a um controlo independente realizado por uma entidade regulada e completamente independente da Housers. 


A Housers não aplica nenhuma comissão pela manutenção da sua conta Housers. 

Nota: A Housers não se responsabiliza pelas comissões que a sua entidade bancária possa aplicar pelas transferências bancárias realizadas para a sua conta Housers. 

Pode transferir fundos para a sua conta Housers através de transferência bancária desde uma conta bancária (deve ser o titular da conta). 

Não é possível realizar depósitos em efectivo no banco. 

Não, mas pode investir directamente em qualquer oportunidade e realizar o pagamento do investimento através de cartão de crédito. Pode investir com segurança, rapidez e sem custos. O capital ficará automaticamente comprometido na oportunidade. 

 

Para poder retirar fundos da sua conta Housers deverá seguir os seguintes passos:

  • Aceder desde a sua área privada a “dados bancários”. 
  • Clicar em “retirar fundos”. 
  • Preencher o formulário de solicitação de transferência (selecionar conta bancária, conceito e quantidade). 
  • Clicar em “solicitar transferência” 


O departamento financeiro realiza uma análise exaustiva de todos os riscos associados a qualquer uma das oportunidades que são publicadas na plataforma. Depois desta análise, aqueles projetos que verdadeiramente constituem uma oportunidade de investimento são publicados com uma pontuação concreta. Desta forma, cada investidor pode conhecer desde o primeiro momento qual é a pontuação de cada uma das oportunidades publicadas depois de uma análise financeira e imobiliária. 

Níveis de pontuação do risco: A, B, C, D, E, F, G.

Os diferentes níveis estão representados por leras que vão desde a letra A (menor risco) até à letra G (maior risco). 

Uma oportunidade com pontuação A ou B representa menos risco e a mesmo tempo menos rentabilidade. 

Housers mede as seguintes variáveis para pontuar uma oportunidade:

50% da pontuação de risco deriva de uma análise desde o ponto de vista imobiliário da oportunidade; localização, preço de venda, avaliação, construção, experiência do promotor, etc. 

Os restantes 50% derivam da análise financeira: rácios financeiros, fundo de maneio, modelos de capacidade financeira, garantias, etc. 


Para mais informação consulte o nosso blog


A Housers publica na plataforma os seguintes tipos de oportunidades de empréstimo:

MODALIDADE DE INVESTIMENTO

Nestas oportunidades os investidores financiam através de empréstimos colaborativos o desenvolvimento e execução por parte de um promotor de uma oportunidade. São oportunidades com um prazo de duração estimado que oscila entre os 12 e 24 meses. Neste tipo de empréstimos a rentabilidade está vinculada ao rendimento que se obtem através da venda do ativo subjacente à oportunidade, e se for o caso pelo derivado da exploração do mesmo. No momento de publicação da oportunidade o promotor fixa um preço objetivo de venda e, quando este se alcança, procede-se à procura de comprador e venda do imóvel. 

Através da fórmula seguinte estimamos a rentabilidade total publicada na oportunidade:

Rendimentos de exploração líquidos acumulados durante o período de juros x 100

Montante total dos Empréstimos

Sendo:

a) Os “Rendimentos de Exploração Líquidos”, a diferença entre os rendimentos de Exploração efetivamente produzidos durante o Período de Interesses correspondente, menos a percentagem % que o promotor retém para seu próprio benefício e que constará na documentação que se publique sobre a Oportunidade e os gastos de exploração satisfeitos ou imputados (incluídos os gastos de exploração) durante o período de juros que lhe corresponde.

b) “Montante associado dos Empréstimos”, o resultado de associar o capital pendente de amortização de todos os Empréstimos obtidos pela Sociedade Promotora em relação com a Oportunidade. 


MODALIDADE DE ARRENDAMENTO

Nestas oportunidades os investidores financiam através de empréstimos colaborativos o desenvolvimento e execução de uma oportunidade por parte de um promotor. São oportunidades com um prazo de duração estimada que oscila entre 60 e 120 meses. Neste tipo de empréstimos a rentabilidade está vinculada ao rendimento do arrendamento, ou seja, o rendimento que se obtém através da exploração do imóvel subjacente da oportunidade. 

Através da seguinte fórmula estimamos a rentabilidade anual publicada na oportunidade:

Rendimentos de Exploração Líquidos acumulados durante o Período de Interesses X 100

Montante total dos empréstimos


a) Os “Rendimentos de Exploração Líquidos”, a diferença entre os rendimentos de Exploração efetivamente produzidos durante o Período de Interesses correspondente, menos a percentagem % que o promotor retém para seu próprio benefício e que constará na documentação que se publique sobre a Oportunidade e os gastos de exploração satisfeitos ou imputados (incluídos os gastos de exploração) durante o período de juros que lhe corresponde.


b) “Montante associado dos Empréstimos”, o resultado de associar o capital pendente de amortização de todos os Empréstimos obtidos pela Sociedade Promotora em relação com a Oportunidade. 


MODALIDADE TAXA FIXA

São oportunidades com um prazo estimado que oscila entre 12 e 36 meses, onde os investidores concedem um empréstimo de taxa fixa a um promotor imobiliário para arrendamento de um imóvel, venda ou promoção imobiliária. Neste caso, os rendimentos começam a produzir-se desde o primeiro mês em função da taxa de juro acordado previamente com o promotor. Nos empréstimos com taxa fixa a rentabilidade não depende da exploração ou venda do imóvel, uma vez que o investidor recebe mensalmente os juros acordados com o promotor até que se finalize a amortização do empréstimo. 

Através da seguinte fórmula estimamos a rentabilidade anual publicada na oportunidade:

(C x R/100 x T) / 360

Sendo:

"C" o montante dos Empréstimos pendente de reembolso;

"R" o Tipo de Juro (em tanto por cento);

"T" duração do Período de Juros em dias. 


Nas oportunidades de Arrendamento e Investimento deverá manter o investimento até que se alcance o preço objetivo de venda ou até que o imóvel ou imóveis sejam vendidos. 

Nas oportunidades de Taxa Fixa o investimento inicial é devolvido no último mês do prazo da oportunidade. Este prazo é previamente definido pelo promotor. 


Cada investidor decide onde investe. A Housers oferece-lhe a opção de construir uma carteira à sua medida, colocando à sua disposição um amplo portfólio de ativos, mas é você que decide  em que ativo investir e a quantidade que destinará ao investimento. Cada investidor define a estratégia do seu investimento. 


Dentro da janela de “oportunidades” poderá encontrar as diferentes oportunidades com toda a documentação e características do projeto. 


A Housers no seu portfólio de oportunidades publica diferentes tipos de projetos para oferecer aos investidores distintas opções. O nosso departamento de avaliação e análise de riscos realiza um estudo exaustivo e detalhado de cada projeto, procurando um equilíbrio entre rentabilidade e segurança. Desta forma, oferecemos ao investidor a possibilidade de realizar investimentos pequenos e variados, diversificando o risco. 


Dentro de “oportunidades” poderá investir em todas as oportunidades que se encontram em fase de investimento ou nas oportunidades já financiadas que tenham títulos à venda através do Marketplace


A Housers estabelece para cada oportunidade um prazo de financiamento mas depende do interesse dos investidores. Há projetos que se financiam antes da finalização do prazo estabelecido. No caso contrário, se o projeto não se financiar dentro do prazo estabelecido, a Housers poderá ampliar o prazo de financiamento até 25% do período estabelecido. 


  • Decida em que oportunidade investir;
  • Clique na mini-ficha e dentro da oportunidade deverá clicar em “Investir”;
  • Escolha a quantidade que deseja investir;
  • Selecione o meio de pagamento para realizar o investimento: pagamento através dos fundos da sua conta Housers ou investimento direto com cartão de crédito;
  • Aceite o “Contrato de Investimento” (esta informação está disponível para consulta, arquivo e impressão clicando em “ver documento de condições”); 
  • Depois de aceitar as condições clique em “Confirmar investimento”. Se o investimento se efetuar corretamente aparecerá automaticamente no seu écran uma janela que confirmará o investimento na oportunidade. 


O capital comprometido no projeto ficará bloqueado na sua conta Housers até que este alcance 100% do financiamento. Se não atingir 100% de financiamento, o projeto será descartado e o dinheiro comprometido voltará a estar disponível na sua conta. 


Como regra geral sim, mas excepcionalmente, projetos com margem económica que tenham atingido mais de 90% das necessidades de financiamento e Housers considere que têm altas possibilidades de êxito podem seguir em frente, desde que no momento de publicação da Oportunidade se tenha advertido sobre esta possibilidade. 


O promotor é a pessoa física ou jurídica (uma sociedade já existente ou uma sociedade constituída para o efeito) que recebe o empréstimo para poder executar a oportunidade. O capital necessário para executar o projeto será proporcionado pelos investidores que financiam o capital através de um contrato de empréstimo que determina os direitos dos investidores e estipula os benefícios de cada oportunidade. 


Já investi

A informação sobre o estado de cada projeto poderá ser encontrada em cada ficha de projeto, dentro da “linha temporal” assinalam-se as atualizações da oportunidade. 


Na sua área privada dentro da janela “meus investimentos”.  E dentro de “investimentos em curso” poderá visualizar os investimentos que ainda não completaram 100% do financiamento. 


Cada oportunidade tem uma rentabilidade diferente. Deve ter em consideração o tipo de oportunidade em que deseja investir para poder determinar a rentabilidade estimada que poderá obter. 


É a rentabilidade anual estimada do investimento. É o cálculo estimado que se realiza tendo em consideração os rendimentos futuros do ativo e deduzindo todos os possíveis custos de exploração do mesmo. Ou seja, a percentagem estimada de rendimentos anuais relativos ao investimento que o investidor receberá na sua conta Housers. Para o cálculo desta rentabilidade utilizamos análises muito conservadoras. 


É a rentabilidade total estimada do investimento. Calcula-se com os rendimentos estimados derivados da venda do ativo depois de deduzir todos os gastos de exploração. É a rentabilidade total da oportunidade no período de prazo determinado. Ou seja, a percentagem de rendimentos totais estimados do investimento no prazo de tempo estimado da oportunidade. 


É a rentabilidade anual estimada do investimento. Nestas oportunidades o juro é acordado previamente com o promotor depois da avaliação de todo o projeto. 


Receberá os benefícios em conceito de juros. 

O pagamento de juros realiza-se nos primeiros 5 dias úteis do mês, sobre o mês vencido. 

Os juros das oportunidades de arrendamento sem InstantRent são pagos nos primeiros 5 dias úteis do mês seguinte, a partir do momento em que se formaliza o contrato de arrendamento do ativo da oportunidade. 

O ativo deve estar arrendado para que se possam distribuir os juros correspondentes. Nas fases de compra, reforma e comercialização do imóvel não se produz nenhum tipo de retorno para o investidor. 


A partir do momento em que investe, inicia-se uma acumulação de juros a seu favor. 

A acumulação de juros realiza-se em dois períodos:

  • A partir do dia em que investe e até que se finaliza o financiamento;
  • Desde que se finaliza o financiamento e até ao último dia do mês em curso. 

O pagamento dos juros acumulados nestes períodos realizar-se-á nos primeiros 5 dias úteis do mês seguinte. 

Se o fim do financiamento tem lugar depois do dia 20 do mês, os juros acumulados nesse período serão pagos com os juros do mês seguinte. 

Por exemplo: Se o financiamento de um projeto finaliza no dia 20 de janeiro, o primeiro pagamento de juros realiza-se nos primeiros 5 dias úteis do mês de março. Este pagamento contemplará tantos os juros acumulados em janeiro e os juros do mês de fevereiro. 

Lembre-se que a taxa de juro nestas oportunidades é variável e revista trimestralmente. 


Nas oportunidades de taxa de juro fixa os juros acumulam-se mês a mês e são pagos nos primeiros 5 dias úteis de cada mês, ou seja, o período de acumulação de juros será desde que se finaliza o financiamento até ao último dia do mês em curso. 

Se o fim do financiamento tiver lugar depois do dia 20 do mês, os juros acumulados nesse período serão pagos com os juros do mês seguinte. 

Por exemplo: Se o financiamento de um projeto finaliza no dia 20 de janeiro, o primeiro pagamento de juros realiza-se nos primeiros 5 dias úteis do mês de março. Este pagamento contemplará tantos os juros acumulados em janeiro e os juros do mês de fevereiro. 


Os juros produzidos através da venda do ativo da oportunidade são pagos nos primeiros 5 dias úteis do mês seguinte, ou seja, no mês posterior à formalização da venda do ativo. 



Os juros são recebidos pelo titular dos títulos no último dia do mês, ou seja, o último de acumulação de juros do mês. Os juros do mês vencido são pagos nos primeiros 5 dias úteis do mês seguinte. 

O primeiro pagamento de juros corresponde ao primeiro período de acumulação de juros, ou seja, à acumulação de juros desde o dia em que investe e até ao dia em que o projeto foi financiado. O pagamento será efetuado ao investidor que realize o investimento inicial (na fase de financiamento). O segundo momento de acumulação de juros corresponde ao período desde o fim do financiamento e até ao último dia do mês em curso, sendo que os juros serão recebidos pelo investidor que possua os títulos no último dia do mês. 

Exemplo: um investidor investe numa oportunidade no dia 3 do mês, o financiamento finaliza no dia 15 e o investidor vende os títulos no dia 29 do mesmo mês. O investidor inicial recebe o pagamento correspondente aos juros acumulados desde o momento em que investe e até à data de finalização do financiamento. O comprador dos títulos recebe a parte correspondente desde o dia em que o projeto foi financiado e até ao último dia do mês. Os pagamentos serão efetuados nos primeiros 5 dias úteis do mês seguinte. 


Os juros serão transferidos para a sua conta Housers. 

Quando os benefícios estiverem na sua conta Housers poderá utilizá-los para investimentos em outros projetos, desde que supere a quantidade mínima de 50 euros por projeto. Também poderá transferir os fundos para a conta bancária associada à sua conta Housers. 


Para dar resposta à normativa tributária de cada país, as retenções serão praticadas automaticamente em função do país de residência fiscal do promotor de cada uma das oportunidades publicadas na plataforma. 

Os promotores das oportunidades poderão ter residência fiscal em Espanha, Itália e Portugal e, nesse caso, aplicar-se-á a taxa de retenção do país de residência do promotor: 19% em Espanha, 26% em Itália ou 28% em Portugal. 

Em Portugal, os rendimentos de capitais tributam à taxa autónoma de 28%, ou alternativamente o contribuinte pode optar pelo seu englobamento. No momento de realizar a sua declaração, o contribuinte deverá introduzir o montante dos rendimentos brutos obtidos e o montante retido na fonte no estrangeiro, com o fim da autoridade tributária apurar o valor adicional a pagar.  

Para simplificar o processo, o investidor terá à sua disposição o certificado correspondente (com as retenções praticadas pela plataforma e o detalhe de todos os investimentos) para poder realizar a sua declaração. 

Para mais informação recomendamos que visite o site da Autoridade Tributária Portuguesa (http://info.portaldasfinancas.gov.pt)  ou que consulte o tema com o seu contabilista/fiscalista. 


Para dar resposta à normativa tributária de cada país, as retenções serão praticadas automaticamente em função do país de residência fiscal do promotor de cada uma das oportunidades publicadas na plataforma. 

Os promotores das oportunidades poderão ter residência fiscal em Espanha, Itália e Portugal e, nesse caso, aplicar-se-á a taxa de retenção do país de residência do promotor: 19% em Espanha, 26% em Itália ou 28% em Portugal. 

Em Portugal, os rendimentos de capitais tributam à taxa autónoma de 28%, ou alternativamente o contribuinte pode optar pelo seu englobamento. No momento de realizar a sua declaração, o contribuinte deverá introduzir o montante dos rendimentos brutos obtidos e o montante retido na fonte no estrangeiro, com o fim da autoridade tributária apurar o valor adicional a pagar.  

Para simplificar o processo, o investidor terá à sua disposição o certificado correspondente (com as retenções praticadas pela plataforma e o detalhe de todos os investimentos) para poder realizar a sua declaração. 

Para mais informação recomendamos que visite o site da Autoridade Tributária do país de residência fiscal ou consultando o tema com o seu contabilista.





A Housers colocará à disposição dos investidores (dentro da sua área privada) um certificado fiscal com as retenções praticadas e com toda a informação relativa aos seus investimentos. 


  Residência fiscal do investidor
    Residente en Espanha Residente União Europeia Residente fora da União Europeia
Residência fiscal do promotor Residência fiscal em Espanha 19% 19% 19%
Residência fiscal em Itália 26% 26% 26%
Residência fiscal em Portugal 28% 28% 28%

Os investimentos que se realizam nas oportunidades publicadas em Housers não estão isentas de risco e pode produzir-se o pior dos cenários, a perda total do investimento. No entanto, ao existir um ativo subjacente ao investimento é pouco provável que se produza uma perda total do investimento. 


Na Housers garantimos que todos os projetos publicados foram exaustivamente analisados. Cada projeto é estudado cuidadosamente pelos nossos especialistas financeiros e imobiliários. Publicamos toda a informação sobre o projeto para que possa analisar e escolher a opção de investimento mais adequada. 

Nas oportunidades de Taxa Fixa, a Housers conta com a colaboração da consultora especializada GOC. Desta forma, conseguimos aumentar a segurança desta modalidade de investimento, controlando cada movimento do dinheiro concedido aos promotores.  




Minimize o risco diversificando a sua carteira de imóveis e distribuindo o capital por diferentes projetos. Pode escolher, por exemplo, entre investir 10.000 euros num único projeto ou realizar pequenos investimentos de 1.000 euros em 10 projetos distintos. No primeiro caso, se acontece algo ao projeto, coloca em risco o total do investimento. No segundo caso, todos os projetos teriam que falhar para colocar em risco o total do investimento. 

Neste tipo de investimento não tem nenhuma responsabilidade em relação a terceiros. Em qualquer caso, a perda sempre estaria limitada ao capital investido. 

Marketplace: compra e venda

É um canal de comunicação entre o promotor e os investidores interessados em comprar e vender empréstimos uma vez financiadas as diferentes oportunidades. 

Desta forma, o investidor poderá comunicar a sua intenção de venda ao promotor e este publicará a oferta no sistema. Em nenhum momento o promotor garante a venda. 

O Marketplace está disponível nas oportunidades de Poupança, Investimento e Taxa Fixa

Para poder comprar títulos de projetos já financiados deverá aceder à sessão de oportunidades e clicar nas oportunidades que tenham títulos à venda. 

Para poder vender títulos deverá entrar na sua área privada e aceder a “Os meus investimentos”. Depois de decidir que títulos deseja colocar à venda, deverá clicar em "vender". 


Para vender títulos deverá entrar na sua área privada, aceder aos seus investimentos e decidir que títulos deseja vender. Poderá realizar uma única ordem por cada oportunidade. Para finalizar deve clicar em “vender” ou “editar ordem” se já tiver alguma ordem de venda. 

A continuação terá que preencher os campos da ordem de venda com o número de títulos que deseja vender, confirmar o contrato e clicar em “publicar ordem de venda”. 


Para poder comprar títulos de oportunidades já financiadas deverá aceder à janela de oportunidades e selecionar a oportunidade que tenha títulos à venda.

Informamos que não está permitida a compra de títulos em parcelas, ou seja, se existe uma ordem de venda com 1000 títulos, o investidor apenas poderá comprar a totalidade dos títulos. 



As oportunidades de Poupança, Investimento e Taxa Fixa permitem a venda de títulos no Marketplace.  Nestes investimentos, o investidor decide quando entra e quando sai, ou seja, quando compra e quando vende os seus títulos no Marketplace. Recordamos que a venda não está garantida, uma vez que é necessário que exista um investidor interessado em comprar os títulos. 


Não. É necessário que exista um comprador disposto a comprar os títulos. O promotor da oportunidade oferece-lhe a possibilidade de anunciar as suas vendas através da plataforma, e se outro usuário estiver interessado poderá realizar a compra. O promotor apenas realiza os trâmites necessários para que o outro investidor adquira os títulos.  


O título é um direito de crédito. É o direito concedido ao titular do empréstimo de poder exigir ao promotor a devolução do capital proporcionado e o pagamento dos juros acumulados e vencidos. O valor nominal do título é 1 euro. 


As pessoas físicas ou jurídicas que vendam títulos a outros investidores terão que declarar os ganhos de capital obtidos na sua declaração de impostos.  


Definições

Instrumento de financiamento intermédio entre o capital (participação em fundos próprios) e o empréstimo a longo prazo. Nos empréstimos participativos (o promotor é obrigado a devolver o financiamento recebido), os juros produzidos e pagos aos investidores dependem dos benefícios obtidos por aquele que recebe o empréstimo. 

Nas oportunidades de Arrendamento, os investidores emprestam dinheiro a um promotor para a compra, reforma, arrendamento e posterior venda. Trata-se de um empréstimo participativo, onde o promotor tem a obrigação de devolver o montante emprestado no prazo estabelecido. Além disso, tem a obrigação de pagar aos investidores um juro que dependerá das rendas obtidas através do arrendamento do imóvel.

Nas oportunidades de Investimento, os investidores emprestam dinheiro a um promotor para a compra, reforma ou construção de um imóvel. Após a compra ou construção do imóvel procede-se à venda do mesmo. Trata-se de um empréstimo participativo, sendo que o promotor tem a obrigação de devolver o dinheiro aos investidores no prazo acordado, além disso, também tem a obrigação de pagar um juro que dependerá do êxito da venda do imóvel. 

São oportunidades de investimento a médio prazo (12-36 meses). Os investidores emprestam dinheiro a um promotor imobiliário em troca de uma taxa de juro fixa. Nas oportunidades de Taxa Fixa, o dinheiro emprestado começa a produzir rendimentos desde o primeiro mês em função do tipo de juro acordado previamente com o promotor e após uma exaustiva avaliação do projeto pelos especialistas do departamento imobiliário, legal e financeiro de Housers. 

Representa o valor das participações segundo o preço de mercado. Este valor difere do valor inicial unitário e é geralmente superior ao que se tem em consideração para o seu cálculo, a diferença entre o preço de compra real e o valor da avaliação, sendo este último normalmente superior. Por último, destacamos que este valor é dinâmico e sofrerá alterações ao longo da vida do projeto, atualizando-se em função da variação dos preços na zona. 

O promotor coloca à disposição dos investidores este valor, com o objetivo de orientar o investidor acerca do preço a que pode colocar as suas frações do empréstimo à venda através do Marketplace. 

Para o seu cálculo, tiveram-se em consideração as seguintes variáveis:

Valor de avaliação;

Gastos jurídicos da compra e venda;

Capital vivo do financiamento bancário;

Gastos jurídicos da hipoteca;

Gastos jurídicos de sociedade;

Valores de exploração do imóvel e o correto desenvolvimento do projeto;

Gastos de imobiliário;

Gastos de reforma;

Comissão Housers.


 Indica o preço médio das frações do empréstimo participativo selecionadas.

São os juros anuais estimados do seu investimento durante o primeiro ano e correspondem ao valor que o promotor pagará juntamente com a renda do imóvel. Esta estimativa está presente num relatório de avaliação registado pelo Banco de Espanha.

São os rendimentos adicionais que poderá obter ao vender títulos de empréstimo através do Marketplace. Esta estimativa está presente num relatório de avaliação registado pelo Banco de Espanha.  

 É a diferença entre o valor inicial do empréstimo e o valor estimado do empréstimo no mercado. Quando o valor é positivo significa que o investidor está a comprar por um valor barato e quando é negativo significa que está a comprar caro. Apresentado também de forma unitária como fração*.


*fração: nas oportunidades de empréstimo, o título refere-se a uma quantidade de empréstimo cujo valor inicial unitário é 1€.

É a rentabilidade anual estimada do investimento. A rentabilidade neste tipo de oportunidades depende dos seguintes fatores:

O promotor explorará o imóvel através de arrendamento. Com as rendas obtidas, pagará ao investidor um juro mensal. Este juro será proporcional ao dinheiro emprestado pelo investidor. Ao tratar-se de um empréstimo participativo, se num determinado mês, o promotor não obtém uma renda, o investidor poderá não obter rendimentos. 

Valorização do imóvel durante o período do empréstimo: no momento de vencimento do empréstimo, o promotor venderá o imóvel. Em caso de que se tenham produzido uma valorização do imóvel, além de devolver o empréstimo, deverá partilhar com os investidores os lucros obtidos através da venda e derivados da valorização do imóvel. 

A rentabilidade líquida anual estimada derivada do arrendamento está mencionada no relatório de avaliação, pode ser superior ou inferior à rentabilidade publicada e pode alterar-se ao longo do tempo. Esta rentabilidade é revista de forma trimestral.


É a variação do preço do metro quadrado na zona onde está situado o imóvel, durante os últimos 12 meses.  

É o montante estimado que o investidor receberá com a venda do imóvel financiado (capital emprestado + rendimentos).  

É a rentabilidade líquida total estimada que se poderá produzir com o empréstimo participativo até à amortização do empréstimo. Calcula-se a partir do preço estimado de venda do imóvel financiado.  

Montante estimado do capital devolvido com o juro fixo anual. 

É a taxa de juro fixa anual do empréstimo.

O Marketplace é um canal de comunicação entre o promotor e os investidos interessados em vender ou comprar títulos de empréstimos de oportunidades já financiadas. 

O investidor que deseje, poderá comunicar a sua intenção de venda ao promotor e este último publicará no sistema a oferta. O promotor não garante a venda. O investidor define o preço de venda dos títulos, e a oferta será mais ou menos interessante para os potenciais compradores segundo o preço estabelecido. O contanto entre os investidores, bem como a formalização da compra e venda, deverá realizar-se sem intervenção da plataforma. 

O Marketplace está disponível em todas as tipologias de investimento. 


O título/fração de empréstimo é um direito de crédito. Corresponde ao direito concedido ao titular do empréstimo de poder exigir ao promotor a devolução do capital e o pagamento dos juros produzidos e vencidos. O valor inicial por unidade de um título é de 1 euro.