Na Housers estamos sempre à procura de formas de melhorar a sua experiência como investidor nos projetos da plataforma. Por esta razão, acabamos de lançar uma nova tipologia de contrato: Contratos Flex.

Os contratos Flex são contratos para oportunidades de Taxa Fixa, principalmente para modalidades de investimento e construção.

Continue a ler para descobrir todas as características desta nova tipologia.

O que são os contratos Flex?

O contrato Flex é um contrato com uma duração de 12 meses, mas com uma possível extensão de uma duração única de 6 meses adicionais. Os contratos Flex estarão disponíveis em alguns dos projetos que publicados na plataforma a partir de 1 de julho de 2019.

A tipologia do contrato Flex foi desenvolvida para introduzir uma certa flexibilidade aos projetos, a fim de evitar o incumprimento dos mesmos por razões alheias ao controlo do promotor. Por vezes, os promotores imobiliários precisam de prolongar os contratos devido a distintas circunstâncias, tais como o atraso na atribuição de licenças pelas entidades correspondentes ou algum atraso na construção por razões não imputáveis ao promotor.

Estes contratos proporcionam uma maior flexibilidade ao promotor, que, quando considerar necessário, poderá ativar uma prorrogação de 6 meses no projeto. Esta ativação da prorrogação será benéfica para o investidor, uma vez que a ampliação implicará um aumento de rentabilidade como compensação pela ampliação da duração do projeto (máximo de 6 meses) e o consequente movimento no tempo da devolução do capital.

Como se ativa a prorrogação do contrato?

A opção de ativar a prorrogação e de ampliar o prazo do empréstimo será efetuada de forma unilateral pelo promotor, desde que este notifique a plataforma pelo menos 30 dias antes do termo do empréstimo. A prorrogação do contrato não poderá ser dividida em vários períodos e só pode ser ativada quando o promotor estiver em dia com os pagamentos de juros na data de vencimento do empréstimo.

Se o promotor que recebeu o empréstimo, decida ativar a prorrogação, os investidores do projeto usufruirão de um aumento da taxa de juro anual do seu investimento até um máximo de +1,99%. Por outras palavras, durante o período de prorrogação do empréstimo, o seu investimento será ainda mais rentável do que nos primeiros 12 meses, uma vez que obterá uma melhoria nos juros recebidos.

No caso de, uma vez prorrogada a data de vencimento final do empréstimo, o capital do empréstimo não tenha sido devolvido, começarão a acumular-se a favor dos investidores juros de mora de 2% sobre a taxa de juro total da operação, que terão em conta a taxa de juro anual ordinária aplicada durante o prazo do empréstimo sem prorrogação, a taxa de juro anual aplicada durante a prorrogação e o prazo de aplicação de cada taxa de juro.

Neste vídeo, o nosso CEO, Juan A. Balcázar, conta-lhe todos os detalhes desta nova tipologia.